Proposta Pedagógica

Com base na filosofia de respeito à individualidade do aluno, adotamos uma metodologia que visa estimular o desenvolvimento físico, social e intelectual, valorizando o afeto no processo de ensino aprendizagem.
Acreditamos que o conhecimento é adquirido mais facilmente através da interação com o meio em que vivemos. Por esse motivo, desde o ensino infantil, o objetivo das atividades é incentivar as crianças na busca pelas descobertas, de forma organizada e prazerosa, através de vivências e atividades práticas que facilitem a compreensão. Entendendo a necessidade de um mundo justo, acreditando em uma sociedade que busque a harmonia nas relações humanas e buscando essa postura nos alunos e em toda a equipe do ponto de vista relacionado a valores, seguimos os preceitos de proposta educacional Humanista.

Aprendizado pela ação e experimentação

A aprendizagem é o processo pelo qual um comportamento, ou a disponibilidade para um comportamento, é modificado pela experiência. Refere-se tanto a aquisição de uma resposta inteiramente nova, quanto à mudança de uma determinada conduta já presente no repertório da criança. Com essa consideração, tudo que parte do concreto para o abstrato é assimilado com mais facilidade.

COLÉGIO METHODUS & SISTEMA DE ENSINO OBJETIVO
UMA PARCERIA DE SUCESSO!!!!

Sistema de Ensino

Ao iniciar sua primeira unidade de educação infantil ainda com o nome “Pingo do i”, a qualidade no atendimento, o ambiente acolhedor e a preocupação com uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE já eram notáveis.

Em 2002 foi firmado o convênio ao Sistema de Ensino Objetivo e o sucesso se solidificou!
“O mundo atual impõe a educadores, crianças e jovens, a tarefa de absorver as novas tecnologias, sem as quais qualquer atividade profissional e até mesmo a vida cotidiana se tornarão inviáveis.

As perspectivas que se abrem nos mais diversos campos do saber, implicam um modelo educacional permanentemente aberto ao novo, ao dinâmico, ao interativo – atento a uma realidade que se transforma a cada momento.

Formar o indivíduo para um mundo globalizado e para os seus novos parâmetros envolve a capacidade de utilização dos recursos infindáveis da informática, da computação, da telemática e das infoways, que acenam para uma revolução cultural tão transformadora quanto foi, no seu tempo, a invenção da imprensa.

A absorção do novo, contudo, não pode prescindir de uma sólida formação, de uma compreensão lúcida das novas realidades e do domínio de equipamentos básicos para a vida: a competência linguística, o raciocínio lógico e matemático, a iniciação científica, a consciência do meio ambiente, a visão histórica, a experiência artística, a formação ética e a construção da cidadania, além do domínio de recursos tecnológicos, passaporte privilegiado para o mundo futuro”.